O Fonges LGBT

Em 20 de junho de 2011, na cidade de São Paulo – SP, nasceu o Fórum Nacional de Gestoras e Gestores Estaduais e Municipais de Políticas Públicas para População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, mais conhecido como FONGES LGBT, uma entidade constituída pelo conjunto das gestoras e gestores responsáveis pela coordenação e execução da política LGBT em seu território.

Entre nossas finalidadades, destacamos:

Contribuir para a formulação de diretrizes básicas para o aprimoramento das políticas públicas voltadas à população LGBT;

Defender e posicionar-se em favor dos interesses dos Municípios, Estados e Distrito Federal na garantia da execução de políticas públicas e sociais para a população LGBT;

Promover o intercâmbio de experiências e ações que facilitam a operacionalização da política para a população LGBT, respeitando as diversidades regionais;

Articular junto aos poderes executivos e legislativos a ampliação de recursos financeiros que viabilizem e garantam a sustentabilidade da política pública para a população LGBT;

Participar das instâncias de pactuação, discussão e de deliberação da política para a população LGBT;

Propor Estudos e Pesquisas que contribuam para o aperfeiçoamento da política para a população LGBT.

Estimular a criação de órgãos gestores da política pública para a população LGBT nos Estados, Distrito Federal e Municípios.

Nossa estrutura organizacional é composta pela Assembléia Geral, Diretoria Executiva, Diretorias Regionais e Comissões. Atualmente, temos filiados a nosso Fonges LGBT 65 entidadas de promoção da cidadania e dos direitos humanos das lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Muito embora sejamos um organismo novo, nos colocamos parceiros da sociedade civil organizada e do Governo Federal na construção das políticas públicas para a população LGBT, inclusive porque acreditamos viver um momento favorável, capaz de avançar na institucionalização e capilarização das Políticas Públicas pró-LGBT.